Tratamento para esclerose múltipla com MAYZENT (siponimod)


A ESM é uma doença crônica, inflamatória e autoimune do sistema nervoso central que interrompe as comunicações entre o cérebro e outras partes do corpo. A maioria das pessoas experimenta seus primeiros sintomas de ESM entre 20 e 40 anos. A ESM está entre as causas mais comuns de incapacidade neurológica em adultos jovens e ocorre com mais frequência em mulheres do que em homens.

As causas exatas da esclerose múltipla não são conhecidas, mas há dados interessantes que sugerem que a genética, o ambiente em que a pessoa vive e até mesmo um vírus podem desempenhar um papel no desenvolvimento da doença.

Embora a causa ainda seja desconhecida, a esclerose múltipla tem sido foco de muitos estudos no mundo todo, o que tem possibilitado uma constante e significativa evolução na qualidade de vida dos pacientes. O diagnóstico é basicamente clínico, complementado por exames de imagem, por exemplo, a ressonância magnética.

A fase inicial da esclerose múltipla é bastante sutil. Os sintomas são transitórios, podem ocorrer a qualquer momento e duram aproximadamente uma semana.

Tais características fazem com que o paciente não dê importância às primeiras manifestações da doença que é remitente-recorrente, ou seja, os sintomas vão e voltam independentemente do tratamento.

Algumas pessoas podem passar dois ou três anos apresentando leves sintomas sensitivos, pequenas turvações da visão ou pequenas alterações no controle da urina sem dar importância a esses sinais, porque, depois de alguns dias eles desaparecem. Com a evolução do quadro, aparecem sintomas sensitivos, motores e cerebelares de maior magnitude representados por fraqueza, entorpecimento ou formigamento nas pernas ou de um lado do corpo, diplopia (visão dupla) ou perda visual prolongada, desequilíbrio, tremor e descontrole dos esfíncteres.

Os sintomas variam amplamente, dependendo da quantidade de danos e os nervos que são afetados. A esclerose múltipla (EM) se caracteriza por ser uma doença potencialmente debilitante. Pessoas com casos graves de esclerose múltipla podem perder a capacidade de andar ou falar claramente.

Nos estágios iniciais da doença, a esclerose múltipla pode ser de difícil diagnóstico, uma vez que os sintomas aparecem com intervalos e o paciente pode ficar meses ou anos sem qualquer sinal da doença.

MAYZENT (siponimod) é um medicamento aprovado pelo Food and Drug Administration dos EUA para tratar adultos com formas de esclerose múltipla (EM), para incluir síndrome clinicamente isolada, doença recorrente e doença progressiva secundária ativa.

“A esclerose múltipla pode ter um impacto profundo na vida de uma pessoa”, disse Billy Dunn, M.D., diretor da Divisão de Produtos de Neurologia do Centro de Avaliação e Pesquisa de Medicamentos da FDA. “Estamos comprometidos em continuar trabalhando com empresas que estão desenvolvendo opções adicionais de tratamento para pacientes com esclerose múltipla.”

A eficácia de MAYZENT foi mostrada em um ensaio clínico de 1.651 pacientes que compararam MAYZENT com placebo em pacientes com SPMS que apresentaram evidência de progressão por incapacidade nos dois anos anteriores e nenhuma recaída nos três meses anteriores à matrícula. O ponto final principal do estudo foi o tempo de progressão confirmada de três meses na incapacidade. A fração de pacientes com progressão confirmada de incapacidade foi estatisticamente significativamente menor no grupo MAYZENT do que no grupo placebo. MAYZENT também diminuiu o número de recaídas experimentadas por esses pacientes. No subgrupo de pacientes com SPMS não ativo, os resultados não foram estatisticamente significativos.

No BRASIL os pacientes podem ter acesso a este medicamento através da importação por pessoa física, mediante a apresentação da prescrição médica e alguns documentos pessoais.

A Primedicin pode assessorar a importação do medicamento MAYZENT, consulte-nos para mais informações.

MAYZENT (siponimod) é um medicamento e seu uso pode oferecer riscos. Procure um médico ou um farmacêutico. Leia a bula.

 

Fontes:

https://www.fda.gov/news-events/press-announcements/fda-approves-new-oral-drug-treat-multiple-sclerosis

https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/esclerose-multipla/

https://www.minhavida.com.br/saude/temas/esclerose-multipla

Não há comentários

Faça um comentário