A Rússia recrutou participantes suficientes para seu teste em grande escala da vacina para a covid-19, conhecido como estudo da fase três, disse nesta segunda-feira (14) o chefe do fundo soberano da Rússia, que está financiando a vacina. "Em apenas duas semanas, 55 mil voluntários já foram recrutados em Moscou", disse Kirill Dmitriev, chefe do Fundo Russo de Investimento Direto. A Rússia começou a recrutar voluntários para o que foi anunciado como 40 mil testes da fase três em 26 de agosto. Os resultados iniciais são esperados para outubro ou novembro deste ano, disseram as autoridades.   Fonte: https://noticias.r7.com/saude/russia-conclui-recrutamento-de-voluntarios-para-teste-de-vacina-14092020...

A vacina da Rússia para a Covid-19 não teve efeitos adversos e induziu resposta imune, indica um estudo com resultados preliminares publicado na revista científica "The Lancet", uma das mais importantes do mundo, nesta sexta-feira (4). Os cientistas russos reconheceram a necessidade de mais testes para comprovar a eficácia da vacina. Chamada de "Sputnik V", a imunização foi registrada no mês passado na Rússia, mas a falta de estudos publicados sobre os testes gerou desconfiança entre a comunidade internacional. No Brasil, o governo do Paraná firmou uma parceria para desenvolver a vacina russa e, nesta sexta (4), informou que o pedido de...

A vacina russa para a Covid-19 deverá dar imunidade à doença por no mínimo 2 anos, anunciou nesta quinta-feira (20) o Instituto Gamaleya, em Moscou, que desenvolveu a vacina, batizada de "Sputnik V". A vacina foi registrada na semana passada pelo governo russo, mas, até agora, não foram publicados estudos que mostrem os resultados dos testes da imunização. Por isso, ela é vista com desconfiança pela comunidade internacional. O Gamaleya também anunciou que a vacina deverá ser aplicada, a partir da semana que vem, em mais de 40 mil pessoas em 45 centros médicos na Rússia, como parte dos ensaios de fase 3. A vacinação...