Pesquisas sobre o uso da substância contra os efeitos da doença não são conclusivas, mas parecem promissoras -- até o momento Na busca internacional e sem precedentes para combater um vírus, há duas frentes. Uma é a produção de uma vacina eficiente e segura para imunizar boa parte da população mundial, o que transformaria o novo coronavírus num mal menor. A outra aposta dos cientistas e médicos é descobrir medicamentos que aplaquem os efeitos de quem já sofre o processo inflamatório acelerado provocado pela Covid-19. Embora sejam complementares, os dois esforços seguem caminhos diferentes. A pesquisa da vacina se beneficia do...