O laboratório do Reino Unido AstraZenec iniciou os testes clínicos de um remédio para prevenir e tratar a covid-19, segundo anunciou nesta terça-feira (25). A farmacêutica também está desenvolvendo uma vacina contra o novo coronavírus em parceria com a Universidade de Oxford. No Reino Unido, 48 voluntários saudáveis, com idades entre 18 e 55 anos, já receberam uma dose do medicamento. Os testes estão na fase 1 e buscam determinar se o remédio é seguro e como o corpo humano responde a ele. O medicamento combina dois tipos de anticorpos e poderia ser utilizado pelas pessoas expostas ao coronavírus e pelas já...

O diabetes tipo 2 é uma doença na qual o corpo não produz insulina suficiente para controlar o nível de glicose no sangue ou quando o corpo não pode usar insulina de maneira eficaz. O resultado é um alto nível de glicose no sangue. O RYBELSUS é um medicamento utilizado para controlar os níveis de glicose no sangue (açúcar) em adultos cuja diabetes tipo 2 não é suficientemente controlada. Pode ser utilizado isoladamente quando a metformina (outro medicamento para diabetes) não pode ser utilizada ou em combinação com outros medicamentos para diabetes. Deve ser usado com uma dieta adequada e exercício...

Enxaqueca não é somente uma simples dor de cabeça. É um problema de saúde sério, que acomete mais de 30 milhões de brasileiros (3 mulheres para cada homem) e merece acompanhamento médico especializado. Isso porque quem sofre de enxaqueca perde dias de trabalho e momentos importantes da vida por conta das crises que duram de 4 a 72 horas. E o pior: muitos fazem uso abusivo de analgésicos, o que significa que tomam mais de dois comprimidos do medicamento por semana. Estima-se que as crises de enxaqueca comprometam 1,4% do total de anos de vida saudável do paciente. A dor de...

Cientistas testarão uma droga experimental que pode, potencialmente, prevenir os coágulos sanguíneos fatais associados à Covid-19. O experimento, financiado pela Fundação Britânica do Coração, vai colocar à prova a teoria de que os coágulos são causados por um desequilíbrio hormonal disparado pela infecção do novo coronavírus. Este será mais um entre os diversos tratamentos em estudo ao redor do mundo contra a doença, e integra um grupo que mira um aspecto relevante da pandemia: a resposta imunológica do corpo à Covid-19, que pode resultar em uma inflamação por vezes fatal. Um terço dos pacientes hospitalizados com Covid-19 desenvolvem perigosos coágulos sanguíneos. Esses coágulos podem...

A Eli Lilly and Co disse nesta segunda-feira, 15, que está iniciando um teste com seu remédio contra artrite reumatoide baricitinib em pacientes hospitalizados com covid-19. O teste é um de vários esforços da empresa farmacêutica norte-americana para ajudar a combater a pandemia de coronavírus, que já matou mais de 400 mil pessoas em todo o mundo, de acordo com uma contagem da Reuters. O remédio está sendo testado para se saber se ele diminui as mortes por covid-19 e atenua sua severidade. Cientistas da Lilly acreditam que o baricitinib pode ajudar a suprimir uma reação imunológica potencialmente letal à covid-19 chamada "tempestade de citocina" e...

Um remédio experimental desenvolvido por um pesquisador australiano pode ajudar a evitar mortes de Covid-19 controlando a formação dos coágulos de sangue responsáveis por dificuldades respiratórias, falência múltipla de órgãos, derrame e infarto. O professor Shaun Jackson, da Universidade de Sydney e do Instituto de Pesquisas do Coração, está liderando uma equipe de pesquisadores que desenvolve um novo remédio anticoágulo para tratar de derrames. Cerca de três de cada quatro pacientes graves de Covid-19 em unidades de tratamento intensivo (UTIs) desenvolvem coágulos, e seu índice de recuperação é criticamente baixo, disse Jackson. A Covid-19 é a doença respiratória causada pelo novo coronavírus. "Se...

A Anvisa está em contato com a Gilead, empresa que fabrica o remdesivir no exterior, para acompanhar a evolução dos estudos do medicamento para no tratamento da covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2). O FDA (Food and Drug Administration) autorizou o uso do medicamento nos Estados Unidos nesta sexta-feira (1) para o tratamento da doença em pacientes hospitalizados em estado grave. "Baseado na totalidade das evidências científicas disponíveis, é razoável crer que o remdesivir possa ser efetivo no tratamento da Covid-19 e que, quando usado sob as condições descritas nesta autorização, os conhecidos e potenciais benefícios superam os conhecidos e...

O antiviral remdesivir reduziu o tempo de internação por Covid-19, segundo resultados preliminares de um estudo. O uso foi liberado emergencialmente nos EUA A FDA, agência que regula os remédios nos Estados Unidos, aprovou em caráter emergencial o uso do antiviral remdesivir no tratamento de casos severos de Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). O medicamento, da farmacêutica Gilead, foi desenvolvido originalmente para combater o ebola, mas sem sucesso para isso. A liberação em terras norte-americanas ocorre amparada por benefícios modestos demonstrados em um estudo com resultados preliminares. Até por isso, há a preocupação de que o remédio seja alçado...

O Tumor Estromal Gastrointestinal, ou GIST, é um tipo raro de tumor do trato gastrointestinal, parte do sistema digestivo. Corresponde a 1% de todos os tumores do trato gastrointestinal. Podem ocorrer em qualquer idade, porém são raros antes do 40 anos e mais comuns após os 60 anos de idade. No Brasil, são três a cinco mil casos novos por ano. Conheça mais sobre a doença. O GIST é um tumor mesenquimal, isso é, que tem origem em um tecido conjuntivo. A maioria dos tumores é benigna, embora alguns, a depender do tamanho e de sua capacidade de multiplicação, possam ser...

Na Austrália, um estudo liderado pelo Instituto de Descobertas em Biomedicina da Universidade de Monash, em Melbourne, descobriu um remédio que mata o novo coronavírus em 48 horas. Se trata de um medicamento antiparasitário, chamado de ivermectina, que é usado geralmente para tratar verminoses. No estudo, o remédio foi capaz de inibir o crescimento do novo coronavírus (Sars-CoV-2) em cultura de células. Em 24 horas foi notada redução significativa do material genético do novo coronavírus. Após 48 horas ele havia sido erradicado. Ainda não se sabe o mecanismo pelo qual a ivermectina mata o coronavírus. Com base nos efeitos em outros vírus,...