Sucos Especiais – Geração Saúde


Sentiu aquela fome e está em dúvida entre comer uma fruta ou tomar um suco natural? A dica é: prefira a primeira opção. A orientação consta no Guia Alimentar da População Brasileira: “Fibras e muitos nutrientes podem ser perdidos durante o preparo (do suco) e o poder de saciedade é sempre menor que o da fruta inteira”.

Uma alimentação saudável pressupõe moderação. Portanto, isso não significa que os sucos naturais têm de ser banidos do seu cardápio. Quando optar por eles, tente não coar e não adoçar. Assim, existe uma perda menor de propriedades em relação à fruta inteira, se quiser se refrescar com um suco, faça-o em casa.

Os industrializados, em geral, são feitos de extratos de frutas e têm açúcar refinado adicionado. Podem conter ainda aromatizantes e outros aditivos, se for comprar a bebida pronta, lembre-se de olhar o rótulo para verificar quais produtos foram utilizados.

Ah, e aqueles sucos em pó, sabe? Tente mantê-los fora do carrinho de compras. Eles também têm muito açúcar e aditivos alimentares que não fazem bem para o organismo.

Veja alguns exemplos de sucos naturais;

  • SUCO DE BANANA: açaí, banana, ameixa seca, linhaça, hortelã, proteína de arroz, tangerina e água de coco.
  • SUCO DE GRAVIOLA: manga, graviola, framboesa, linhaça dourada, casa de maçã, couve, água de coco e ameixa preta.
  • SUCO DE FRUTAS VERMELHAS: framboesa, amora, mirtilo, proteína de arroz, leite de arroz, hortelã, couve e biomassa de banana verde
  • SUCO PÓS TREINO: banana, farinha de linhaça, morango, nectarina, lima da pérsia e limão siciliano.
  • SUCO DE LINHAÇA: suco de uva, lima da pérsia, linhaça dourada, couve, hortelã, açaí, ameixa seca, mirtilos e framboesa.
  • SUCO DE LIMÃO SICILIANO: banana, limão siciliano, laranja e morango.

Fonte: www.geracaosaude.com/gauchablogs

sucos 3

 

Não há comentários

Faça um comentário