Rússia diz que medicamento acelera remoção do coronavírus


O antiviral Avifavir é capaz de acelerar a remoção do coronavírus, segundo médicos russos.

De acordo com a agência de notícia Tass, na fase dois e três dos ensaios clínicos, o medicamento eliminou o vírus em mais da metade dos pacientes “e não causou efeitos colaterais sérios”. O número de pessoas analisadas não foi divulgado.

“A parte piloto de nossos ensaios clínicos randomizados e abertos demonstrou que o Avifavir possui ação antiviral rápida, eliminou o vírus em quatro dias em 62,5% dos pacientes. Em breve, estudaremos como diferentes dosagens influenciam a taxa de recuperação”, escreveram os pesquisadores.

Em junho, a Rússia autorizou o uso do remédio para tratar a Covid-19. O medicamento ainda está em fase de testes e é uma versão modificada do antiviral experimental favipiravir, de origem japonesa.

Vacina contra Covid-19

O governo russo planeja realizar a vacinação em massa contra o novo coronavírus em outubro deste ano. O anúncio foi feito no final de semana pelo ministro da Saúde do país, Mikhail Murashko.

Espera-se que ela seja distribuída para diversas regiões do país a partir do próximo dia 10. Médicos e professores seriam os primeiros a serem vacinados.

 

Fonte:

https://www.sbt.com.br/jornalismo/sbt-brasil/noticia/146301-russia-diz-que-medicamento-acelera-remocao-do-coronavirus

Não há comentários

Faça um comentário