Farmacêuticas Vir Biotechnology e GSK avançam em estudos de tratamento de covid-19


As farmacêuticas Vir Biotechnology e a GlaxoSmithKline (GSK) deram mais um passo rumo ao tratamento precoce de pacientes com covid-19. As empresas administraram a primeira dose a um paciente em um estudo clínico de fase 2 de 3 do uso de um anticorpo.

O estudo vai envolver 1.300 pacientes em todo o mundo para determinar se o anticorpo monoclonal, o VIR-7831, pode evitar as hospitalizações por causa do coronavírus.

A expectativa é chegar a resultados até o primeiro trimestre do ano que vem, ainda que vê chances de ter resultados iniciais já no fim deste ano. O tratamento em si é esperado para ser disponibilizado no mercado no primeiro semestre de 2021.

No estudo, os pacientes com coronavírus, mas em estágio moderado ou leve, e que apresentem alto risco de progressão receberão uma infusão intravenosa de VIR -7831. O objetivo é prevenir a hospitalização ou morte.

Em termos técnicos, os anticorpos monoclonais são clonados de células do sistema imunológico em um laboratório. Estudos pré-clínicos da VIR -7831 mostraram que o anticorpo tem uma alta potência em neutralizar o SARS-CoV-2, o vírus que causa a covid-19.

As empresas planejam ainda este ano lançar um ensaio de Fase 2 de outro anticorpo, o VIR -7832, que também pode servir como profilático contra a doença.

Fonte:

https://valorinveste.globo.com/mercados/internacional-e-commodities/noticia/2020/08/31/farmaceuticas-vir-biotechnology-e-gsk-avancam-em-estudos-de-tratamento-de-covid-19.ghtml

Não há comentários

Faça um comentário