Em teste, spray nasal evita replicação do coronavírus em 96%


Um spray nasal feito com o composto chamado INNA-051 conseguiu freiar a replicação do coronavírus em 96% em testes de laboratório. A substância foi criada para conter a propagação do vírus da gripe comum e resfriados, mas ainda não teve eficácia comprovada para tal finalidade.

O INNA-051 foi desenvolvido pela australiana Ena Respiratory e possui moléculas que ativam os receptores TLR2 e TLR6 das células do nariz e da garganta. Com isso, há um aumento na imunidade nessas regiões.

O teste, realizado com animais, foi conduzido por Miles Carroll, vice-diretor e chefe de pesquisa da Porton Down of Public Health England, no Reino Unido.

A Ena Respiratory diz que pode produzir o spray nasal em grande quantidade rapidamente. Mas, primeiro, será preciso verificar se os efeitos positivos de contenção do novo coronavírus observado em furões será ou não replicado em seres humanos.

O trabalho, assinado por 24 pesquisadores, foi publicado no repositório de estudos científicos bioRxiv, mas ainda carece de revisão de pares — procedimento de validação da comunidade científica por pesquisadores não ligados ao estudo.

Os testes do spray nasal da Ena Respiratory estão previstos para ocorrer nos próximos quatro meses.

No Brasil, a Universidade de São Paulo (USP) prepara uma vacina em formato de spray nasal contra o novo coronavírus. Se tudo correr bem nos testes, a vacina brasileira estará disponível já em 2021.

 

Fonte:

https://exame.com/ciencia/em-teste-spray-nasal-evita-replicacao-do-coronavirus-em-96/

 

 

Não há comentários

Faça um comentário