As campanhas do Dia Mundial do Diabetes visam consciencializar as pessoas sobre a doença e divulgar as ferramentas para a prevenção do diabetes. Para as pessoas que sofrem de diabetes as ações visam difundir métodos para melhorar o conhecimento sobre ela. Através da compreensão da doença torna-se mais fácil prevenir as suas complicações. Isso porque cerca de 400 milhões de pessoas no mundo sofrem de diabetes e 5 milhões morrem por ano devido a esta doença. Um em dois adultos com diabetes não está diagnosticado. 670 mil milhões de dólares são gastos por ano em custos de saúde com a diabetes. Diabetes mellitus é uma doença do metabolismo da glicose causada pela...

O citomegalovírus (CMV) pertence à família do herpesvírus, a mesma dos vírus da catapora, herpes simples, herpes genital e do herpes-zóster. Na maioria das vezes, a infecção pelo CMV é assintomática e passa despercebida, mas mesmo nesses casos o vírus ficará latente e poderá ser reativado casa haja uma deficiência imunológica do hospedeiro. A infecção provocada pelo citomegalovírus (CMV) é muito comum. Exames de sangue mostram que entre 60% e 90% dos adultos sofreram uma infecção por CMV em algum momento da sua vida. O CMV pode causar sintomas logo após a infecção. Além disso, ele permanece em estado dormente (latente) em vários tecidos durante toda a vida. São vários os...

Bexiga Hiperativa (BH) é o termo que o urologista usa para se referir à necessidade urgente de urinar. Essa urgência é de difícil controle e pode estar associada à incontinência urinária (perda involuntária de urina). Quem sofre de BH costuma acordar à noite para urinar (e o sono é prejudicado). Além disso, é comum necessitar ir ao banheiro para urinar mais de 7 vezes em 24 horas. Para chegar ao diagnóstico de BH é necessário excluir doenças que podem causar sintomas urinários, como infecção, formação de pedras na bexiga, tumor de bexiga, diabetes, etc. Quando uma pessoa tem sintomas sugestivos de BH, o médico solicita exame de urina...

  Observando a demanda crescente dos pacientes com câncer e o esforço fragmentado de inúmeras entidades estruturadas para ajudar a esses pacientes, a Abrale - Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia vislumbrou uma iniciativa inovadora com o objetivo de aproximar os interessados do segmento. O Todos Juntos Contra o Câncer (TJCC) é um movimento da sociedade brasileira que congrega representantes de diferentes setores voltados ao cuidado do paciente com câncer, como gestores de saúde, entidades médicas, hospitais, profissionais de saúde, pesquisadores, profissionais de imprensa, associações de pacientes e outros, comprometidos com a garantia do direito do paciente ao acesso universal e...

Novembro Azul é um movimento mundial que acontece durante o mês de novembro para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. O câncer de próstata é o segundo mais incidente entre os homens no Brasil, apenas atrás do câncer de pele não melanoma. Este tipo de câncer é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca). A próstata é uma glândula masculina que tem forma de...

A Artrite Reumatoide (AR) é uma doença inflamatória crônica que pode afetar várias articulações. A causa é desconhecida e acomete as mulheres duas vezes mais do que os homens. Inicia-se geralmente entre 30 e 40 anos e sua incidência aumenta com a idade. Os sintomas mais comuns são os da artrite (dor, edema, calor e vermelhidão) em qualquer articulação do corpo sobretudo mãos e punhos. O comprometimento da coluna lombar e dorsal é raro, mas a coluna cervical é frequentemente envolvida. As articulações inflamadas provocam rigidez matinal, fadiga e com a progressão da doença, há destruição da cartilagem articular e os...

  Também chamada de atrofia vaginal, a vaginite atrófica é definida como a secagem e inflamação das paredes vaginais devido à falta de produção de estrogênio. A vaginite atrófica caracteriza-se pela manifestação de um conjunto de sintomas como secura, coceira, irritação, ardor e sangramento vaginal durante o contato íntimo, diminuição da lubrificação e diminuição do desejo. Estes sintomas são muito comuns em mulheres após a menopausa, mas que também podem ocorrer no período pós-parto, durante a amamentação ou devido a efeitos colaterais de determinados tratamentos, que são fases em que a mulher tem quantidades baixas de estrogênios. O pH vaginal também se encontra...

    A hipertensão arterial pulmonar (HAP) é uma doença rara que faz com que a pressão arterial nos pulmões seja mais alta. Apesar de poder atingir qualquer pessoa, a HAP é mais comum em mulheres, principalmente naquelas entre 20 e 40 anos. Além disso, até 10% dos casos de hipertensão pulmonar são causados por fatores hereditários. A hipertensão arterial pulmonar pode não ter uma causa específica, ficando conhecida como HAP idiopática. Mas pode ocorrer por conta de outras doenças, como problemas cardíacos, HIV e também como resultado do uso de certos medicamentos, como inibidores de apetite. Normalmente, os sinais e sintomas da hipertensão...

    A insuficiência cardíaca é considerada uma doença cada vez mais frequente e uma das principais causas de hospitalizações entre as doenças cardiovasculares. A hipertensão arterial, uma das doenças mais prevalentes na população em geral, encontra-se frequentemente associada a insuficiência cardíaca, quer como causa, quer como fator de agravamento da doença. Além de poder causar insuficiência cardíaca, a hipertensão participa de muitos quadros dessa síndrome, ao contribuir para o desenvolvimento de insuficiência coronária, a principal causa de insuficiência cardíaca do mundo moderno. A pressão arterial elevada aumenta a carga de trabalho do coração e artérias. A manter-se por um longo período, o...

A alergia é uma reação produzida pelo sistema imunológico do corpo quando exposto a uma substância normalmente inofensiva. Sabe-se atualmente que anafilaxia é uma reação sistêmica grave, aguda e potencialmente fatal, desencadeada por mecanismos de hipersensibilidade cujo diagnóstico é essencialmente clínico e que se traduz através do inchaço da garganta ou da língua, urticária e dificuldade para respirar. Quando o paciente apresentar uma das três situações descritas, há grande probabilidade de o diagnóstico ser anafilaxia. Estimativas indicam que mais de 40,9 milhões de pessoas nos Estados Unidos sofrem de alergias graves que podem colocá-los em risco de anafilaxia e os números estão...